Sistema construtivo – Alvenaria armada

Alvenaria armada, mais conhecida como alvenaria estrutural é uma técnica construtiva onde a estrutura e a vedação da edificação são executadas ao mesmo tempo. A estrutura é auto- portante, ou seja, dispensa o uso de pilares e vigas e os blocos estruturais assumem a função de suportar o peso das próprias paredes, lajes, equipamentos (antenas, por exemplo) e ocupação (incluindo pessoas, móveis).

Na alvenaria estrutural (armada) os blocos estruturais são dispostos uns sobre os outros e ligados entre si através de juntas de assentamento feitas de argamassas. Esse assentamento vão formando os elementos da alvenaria como as paredes, cintas, vergas, contra vergas, vigas e pilares formando um conjunto coeso e rígido o suficiente para suportar as solicitações de cargas.

As armaduras são incorporadas nas juntas de assentamento e o graute, um tipo especifico de concreto utilizado em sistemas estruturais com o objetivo de preencher as armaduras e aumentar a capacidade portante da estrutura da alvenaria armada.

Geralmente a argamassa vem pronta não havendo desperdício nem sobras de cimento, cal, areia, etc. A quantidade de graute é limitada e deve ser colocado com funil e deve ficar confinado dentro dos furos ou células dos blocos não tendo por onde vazar ou perder material.

A alvenaria estrutural (armada) é bastante utilizada em construções verticais com pavimento tipo e layouts repetidos por favorecer a estabilidade da estrutura, aplicando a sua carga verticalmente em um ponto comum. Além disso, muros, casas, sobrados, edifícios de diversas alturas, hipermercados, Indústrias e conjuntos comerciais também são exemplos de edificações construídas com estrutura armada.

Por que escolher alvenaria armada?

A alvenaria armada (estrutural) apresenta bons desempenhos térmico e acústico além de possuir boas características de durabilidade e estética.

Atualmente a alvenaria armada (estrutural) tem sido a opção de muitos projetistas pois torna a obra rápida e portanto, mais barata por ter um custo final baixo. Quando bem projetado e executado (também inclui um bom gerenciamento da obra) com projeto racionalizado, bom sistema de qualidade torna a obra mais econômica, funcional e segura.

A simplicidade das técnicas construtivas desse sistema permite maior velocidade de execução, redução da mão de obra, diminuição do uso de formas, escoras e armaduras, economia nos materiais como argamassas, por exemplo. Podemos citar ainda: obras limpas (sem muito entulho), blocos com precisão dimensional (não precisa quebrar), facilidade das instalações (elétricas, hidráulicas, telefone, etc.) como vantagens de aderir a esse sistema.

No entanto, alvenaria armada (estrutural) possui algumas limitações como todo sistema construtivo. Não é permitido fazer futuras reformas pois as paredes possuem a função estrutural, não permite portas e janelas fora do padrão. Também não pode ser usado em qualquer tipo de projeto pois deve se levar em consideração o padrão do bloco e as paredes devem ser executadas levando isso em consideração. Além disso as partes elétricas devem ser executados junto com o assentamento dos blocos estruturais para evitar quebras e cortes posteriormente.

O sistema construtivo deve ser definido na fase do projeto. Depois compatibiliza se o projeto, orçamentos, cronogramas e construtoras de modo que se obtenha um bom resultado. Depois de construído qualquer possível alteração deve ser feita com o auxílio de um engenheiro ou arquiteto.

Sistema construtivo – Alvenaria armada

Deixe uma resposta

Rolar para o topo
× Como posso te ajudar?

Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0