All for Joomla All for Webmasters
Matcon Supply
Matcon Supply
+55 11 .4513-4708 | 11.2375-9384 Seg - Sex 09:00 - 18:00 faleconosco@matconsupply.com.br
Qualificação
Produtos de Marca
Mais de 15 anos
de Brasil
Ranking 1
Matcon na Pauta
Fale Conosco

Rastreamento de ferramentas no canteiro de obras

1

Um dos maiores desafios para a construção civil é evitar os desperdícios gerados por resíduos e restos de materiais bem como pela perda e roubo de ferramentas no canteiro de obras.

O investimento no planejamento de obras, independente do seu porte, é fundamental para a implementação de políticas de organização do canteiro. Isso reduz os índices de desperdícios e perdas das ferramentas.

O Canteiro de obras é o local utilizado para o armazenamento dos materiais que serão usados na construção incluindo cimento, areia, britas, madeira e ferramentas.

O almoxarifado é o local dentro do canteiro de obras destinado ao armazenamento de materiais de pequeno porte e que não podem ficam expostos ao ar livre como cimento, cal, tintas, janelas, portas, dentre outros. As ferramentas usadas para a execução dos serviços também são armazenada, controladas e distribuídas pelo almoxarifado.

O almoxarifado deve ter acesso restrito apenas de funcionários. O ideal é instalar câmeras próximo ao almoxarifado para inibir ação de ladrões. As ferramentas e os equipamentos mais caros devem ser guardados em locais mais seguros, talvez em um outro local próximo da obra como um imóvel alugado ou em containers.

Além disso, um grande desafio é o controle das ferramentas e equipamentos usados em campo. O desaparecimento ou o mal uso dos mesmos tem impedido a redução dos custos nas construções pois o custo para repor esses equipamentos e ferramentas são imprevisíveis.

Com o desenvolvimento da tecnologia, foram desenvolvidas várias soluções para o rastreamento de ferramentas no canteiro de obras. Por exemplo, com o uso de rádio frequência cada item recebe uma etiqueta para identificação e controle dos dados. Um sistema de banco de dados mantém todos os equipamentos e ferramentas registradas.

Através de um leitor portátil, as ferramentas são rastreadas no começo e final de cada expediente. O rastreamento pode ser monitorado em tempo real verificando a presença e/ou ausência de cada ferramenta na obra localizando-o caso seja necessário.

O inventário eletrônico sempre estará atualizado e o responsável pelo almoxarifado ou o engenheiro da obra pode acessar os dados a qualquer momento.

2

Este sistema é interessante pois ajuda a ter o pleno controle sobre as ferramentas que saem do almoxarifado e precisam ser devolvidas ao final do dia. Além dos custos com desvios, se deixadas em locais inapropriados podem causar sérios acidentes.

Além do prejuízos e danos financeiros a produção também é prejudicada. Quando uma ferramenta é roubada, danificada ou simplesmente desaparece, nem sempre a sua reposição é feita no mesmo dia ou imediatamente. Isso causa atrasos na execução dos serviços e, consequentemente no cronograma físico- financeiro.

Anteriormente todo o controle de ferramentas eram feitos por meio de anotações em um caderno. Todos os dados anotados saiam do controle pois perdiam-se o caderno ou era danificado por água e poeira. Hoje a tecnologia tornou-se o principal meio de rastreamento das ferramentas no canteiro. Dependendo do sistema ou aplicativo instalado, o rastreamento e controle pode ser realizado de um tablete ou smartphone.

O uso da tecnologia nas construções já uma tendência. Cada vez mais os locais de construções estão se adaptando e utilizando técnicas, sistemas computadorizados e aplicativos que auxiliem o rastreamento de equipamentos e ferramentas no canteiro de obras.

Mantenha-se Atualizado

About the author

Leave a Reply

Aditivo cristalizante de fissuras em concreto
1 de junho de 2017
Concreto com ar incorporado – O que é ? Como usar?
1 de junho de 2017
Importância da utilização do EPI e quais são eles?
1 de junho de 2017
Pavimentação Permeável – O que é? Como utilizar?
1 de junho de 2017
Tipos de Nível. E onde usa-los.
1 de junho de 2017
Webinar – Mudanças do novo PBPQ-h
11 de abril de 2017
PATOLOGIAS NA CONSTRUÇÃO CIVIL: TRINCAS EM ALVENARIA
20 de março de 2017
PATOLOGIA NA CONSTRUÇÃO CIVIL: O QUE É E COMO TRATAR
18 de março de 2017
Conheças as telhas termo acústicas, principais vantagens e indicações
16 de março de 2017
Telhados residenciais, estrutura de madeira ou metálica?
15 de março de 2017